Topo Blog Musical (wagner)

“A globalização dos Dó’s, Ré’s & Mi’s da vida”.

Uma Rádio? Em Parnaíba? Xíííí... Quem sabe daqui a mais 400 anos?

A Arte Musical por Wagner VenturaConta-nos a mente brilhante do renomado historiador Charles C. Mann, que há setenta anos, o cubano Fernando O. Fernández cunhou o termo “transculturação”, para descrever o que acontece, quando um grupo de pessoas toma algo – uma canção, um ideal, uma comida – de outro grupo. Inevitavelmente esse algo se transforma, isto é, as pessoas o fazem do seu jeito, adaptando-o, descascando-o e retorcendo-o, de modo que, esse “novo” algo, passa a atender suas necessidades e situações.

Isto é particularmente vero, quando pensamos em tudo o que ocorreu no nosso mundo, desde o estabelecimento do “Intercâmbio Colombiano”, quando passamos a viver o completo domínio da transculturação imposta e, porque não dize-lo, convulsiva também. Há 520 anos o choque e o caos dessa constante conexão tem sido a condição dos nossos lares e ouvidos.

Lá pelas páginas 40 do século XX o rádio popularizou-se pelo mundo afora, depois novas tecnologias foram desenvolvidas para gravar, capturar, reproduzir e distribuir música. Com a gravação e distribuição se tornou possível, aos artistas da música, ganhar fama nacional e até internacional – hoje, com apenas uma leve pressão sobre a tecla “Enter”. As apresentações tornaram-se cada vez mais visuais com a transmissão de vídeos de concertos musicais e as músicas de todos os gêneros tornaram-se, cada vez mais, portáteis.

Ademais a música do século XX trouxe uma nova liberdade e u’a maior experimentação com novos gêneros e formas, que desafiam os dogmas de períodos anteriores. A invenção e a disseminação de instrumentos musicais eletrônicos e também do sintetizador, nos meados do século, revolucionaram a música popular e aceleraram o desenvolvimento de novas formas de música. Os sons de diferentes continentes começaram a se fundir de alguma forma.

Na base da música, três elementos são fundamentais: o som, o silêncio e o tempo entre eles. Tudo, na música, é função desses três elementos.

Considerando que os verbos mais importantes dos dias de hoje são “curtir” e/ou “compartilhar”, curtam e/ou compartilhem suas músicas, porém não olvidando, jamais, os ensinamentos da maior filósofa de todos os tempos, a Velha Chica, que ousou pronunciar o maior de todos os pensamentos, até então impronunciados: “Gosto, evidentemente, não se discute, porém ter bom-gosto é fundamental!”.

Mas o que é que vocês querem mesmo? Uma Rádio? Huumm...sei não! Talvez daqui a mais 400 anos...talvez!

Amplexos genéricos “for everybody”, isto é, pr’a todo mundo.

PS:

Como 1ª sugestão indico o http://www.jazzradio.com, que vem de longe, Palo Alto, Califórnia, USA, que prestigia “the best flavours of Brazil” (os melhores sabores do Brasil), além de outras delícias auditivas – modernas ou históricas –, onde vocês poderão ouvir mestres(as), quer sejam da voz, quer sejam virtuosos de seu instrumento favorito.

Por Wagner Ventura

 

Add a comment

Perfil


Wagner Ventura
Oficial Superior da Marinha do Brasil; Pós-graduado em Engenharia da Qualidade; Professor e Estudante de História e Geografia; Amante da boa música.

Assine Nossa Newsletter

Seu Email:

Seu Nome:


Quem Curti o ParnaíbaWEB

Login

copyright © 2007 - 2013 - www.parnaibaweb.com.br
>>>