Dra. Andreia Pamplona: Mitos e verdades da depilação a laser

Dra. Andreia Pamplona: Mitos e verdades da depilação a laser

Se você faz parte da legião de mulheres que sofrem com o excesso de pelos ou que não aguentam mais a tortura da cera quente, saiba que depilação a laser pode ser a sua libertação.

Quando se pensa em depilação a laser logo nos vem à cabeça que este é um procedimento definitivo. Entretanto, saiba que nenhum tratamento estético tem efeito para sempre. A depilação a laser elimina cerca de 30% dos pelos a cada sessão e, até o final do tratamento, é capaz de bloquear o crescimento de até 80% deles (o que é maravilhoso!).

Os 20% de pelos restantes nascem mais finos e espaçados, e removê-los se torna uma tarefa muito mais fácil e indolor. A seguir, confira mais mitos e verdades da depilação a laser e tire suas dúvidas!

Mitos e verdades da depilação a laser-ANTES-DEPOIS-2

Como o laser funciona?
A depilação a laser funciona por meio da luz. A iluminação do laser é atraída e captada pela melanina, um pigmento presente na haste dos fios e responsável pela sua coloração. Essa energia térmica queima estes folículos e destrói ou retarda a capacidade de produção de um novo fio. Por este motivo, quanto mais escuro o pelo, melhor o resultado com o laser.

Uma dúvida comum entre as mulheres que buscam este procedimento é:

Depilação a laser dói?
Sejamos francas. Este não é um processo totalmente indolor, mas, se você aguenta firme a cera quente, você certamente conseguirá suportar o desconforto.
Em cada disparo do laser há uma sensação de ardência, que varia conforme a sensibilidade de cada mulher, a área que está sendo depilada, o nível de stress e até o período do ciclo menstrual, época em que a pele fica mais sensível.

Geralmente, é preciso de seis a dez sessões, em intervalos regulares, para bons resultados. As regiões do buço e da virilha costumam ser mais doloridas. Além disso, os locais depilados tendem a ficar quentes e sensíveis por algumas horas.

Mitos e verdades da depilação a laser-ANTES-DEPOIS

Há perigo no uso do laser?
Se a depilação não for feita em uma clínica adequada e com um bom profissional, o uso do laser pode resultar em manchas e queimaduras.
Para que isso não aconteça, o dermatologista tem de estar bem familiarizado com a técnica e saber calcular a intensidade do aparelho de forma precisa. Do contrário, podem ocorrer queimaduras de segundo grau, formação de bolhas ou até o escurecimento temporário do local afetado.

Outra dúvida muito comum é: posso me depilar durante o tratamento?
Tenha em mente que sua pele estará sensível, por isso a depilação com pinça ou cera quente ou fria deve ser evitada por entre quatro e seis semanas antes e durante o tratamento.

Liberte-se com o laser!
Apesar de trazer um leve desconforto, tenha em mente que será algo temporário. Além disso, você não precisará mais se torturar com os métodos de depilação convencionais. Ainda que não sumam todos os pelos, aqueles que sobrarem nascerão mais finos e clarinhos. Outra boa notícia é que o laser evita o encravamento, muito comum nas virilhas e pernas.

Dra. Andreia Pamplona
Dermatologia Clínica e Estética


Serviço:
Clinica Dra. Andreia Pamplona
Aberto de seg. à sábado das 10:00 às 17h
site: http://andreiapamplona.com.br
Facebook: https://facebook.com/draandreiapamplona
E-mail: clinicadraandreiapamplona@gmail.com
Whatsapp: (11) 9.5811-1603
Telefones: (11) 4447-5711 / 9.7685-0409 / 9.8328-9749
Endereço: Av. Joaquim Pereira Barbosa, Nº 298, Jordanésia - Cajamar - SP.

 

Quem Curti o ParnaíbaWEB

Login

copyright © 2007 - 2013 - www.parnaibaweb.com.br