No Pacaembu, São Paulo fica no empate com o Arsenal-ARG

No Pacaembu, São Paulo fica no empate com o Arsenal-ARG

São Paulo FCSão Paulo e Arsenal de Sarandí (ARG) se enfrentaram nesta quinta-feira (7) no Pacaembu, em jogo pelo Grupo 03 da Taça Libertadores da América e a partida terminou empatada por 1 a 1.

Com quatro pontos, o São Paulo pode terminar a rodada na vice-liderança da chave. O Arsenal soma seu primeiro ponto na competição.

A primeira chance clara de gol foi do São Paulo, com Douglas, aos sete minutos, defendida por Campestrini. As duas equipes tentavam chegar ao ataque e colocar a bola na área adversária. Aos 18, Rogério Ceni bateu falta e a bola ficou com o goleiro da equipe argentina.

Luís Fabiano tentou o toque de cabeça, mas a bola passou longe do gol. Aos 24, Aloísio recebeu na área e mandou de primeira, acertando a trave de Campestrini. O São Paulo era quem pressionava mais e detinha a posse de bola. Aos 32, Jadson bateu cruzado e a bola passou perto da trave. Osvaldo arriscou de longe aos 39 e a bola acertou novamente a trave do Arsenal. Furch, aos 43, dominou na área e tentou chutar, mas a bola foi longe da meta de Rogério Ceni.

Aos 47, o São Paulo abriu o placar. Em jogada de velocidade, Jadson recebeu, invadiu a área e bateu forte para o fundo das redes de Campestrini.

No começo do segundo tempo, Aloísio chegou para o chute, mas o goleiro do Arsenal evitou o segundo do São Paulo. No lance seguinte, a arbitragem marcou pênalti quando a bola bateu no braço de Cortez. Benedetto foi para a cobrança e empatou a partida.

O São Paulo tentou responder com Luís Fabiano, mas acabou travado pela defesa do Arsenal. A equipe da casa tentava pressionar e dar trabalho para a defesa do time argentino, que respondia com boa marcação e no toque de bola. Aos 15, o Arsenal teve duas chances finalizar, porém sem sucesso.

Aos 23, Ganso deixou para Jadson chegar e bater encobrindo Campestrini, mas a bola tocou no goleiro e foi por cima do travessão. Depois, Jadson arriscou novamente e a bola foi na trave. A pressão são-paulina crescia e o time buscava o segundo gol, colocando o Arsenal em seu campo defensivo.

Ganso, aos 33, bateu de fora da área e Campestrini defendeu, com Luís Fabiano não conseguindo aproveitar o rebote. Aos 41, Rogério Ceni foi para a cobrança de falta e mandou nas mãos do goleiro do Arsenal. A pressão do São Paulo aumentou nos minutos finais e Osvaldo tentou bater cruzado aos 46, com Campestrini fazendo a defesa em dois tempos.

No dia 14, as duas equipes voltam a se enfrentar, com a partida a ser realizada na Argentina.

Ficha técnica

São Paulo 1 x 1 Arsenal de Sarandí (ARG)

Local: Pacaembu, São Paulo (BRA);

Árbitro: Wilmar Roldan (COL);
Assistentes: Humberto Clavijo e Eduardo Diaz (ambos da COL);

São Paulo: Rogério Ceni; Douglas, Lúcio, Rafael Toloi e Cortez; Wellington (Cañete), Fabrício (Paulo Henrique) e Jadson; Aloísio (Maicon), Luis Fabiano e Osvaldo.
Técnico: Ney Franco.

Arsenal: Cristian Campestrini; Danilo Gerlo, Victor Cuesta, Diego Braghieri e Damián Pérez (Ortiz); Lisandro López e Iván Marcone; Martín Rolle (Diego Torres) e Carlos Cabonero; Julio Furch e Luquercio (Darío Benedetto). Técnico: Gustavo Alfaro.

Gols: São Paulo: Jadson, 47’ 1T. Arsenal: Benedetto, pênalti, 03’ 2T.

CA: São Paulo: Fabrício, Osvaldo, Rafael Tolói, Luís Fabiano e Wellington. Arsenal: Perez, Benedetto, Rolle, Carbonero, e Campestrini.

Assine Nossa Newsletter

Seu Email:

Seu Nome:


Quem Curti o ParnaíbaWEB

Login

copyright © 2007 - 2013 - www.parnaibaweb.com.br