cidade são pedro ★ ★ ★ ★ ★ Tão grande que tem nome de cidade ★ ★ ★ ★ ★
super-banner-sp

Conceição deixou além da saudade muita luta pelo bairro

Conheça a história de uma batalhadora que sempre esteve presente em lutas e conquistas

silvinho-peccioli-conceicao-olair-oliani

Maria da Conceição Bezerra nasceu em 11 de outubro de 1954, em Pesqueira (Pernambuco), filha de Gercina Silva e Romão Amaro. Era conhecida no bairro por Conceição, sendo duas vezes candidata a vereadora, sempre lutando com carisma e com um jeito simples característico.

A luta pelo São Pedro era grande e árdua e sonhava com o progresso, fez paralizações e movimentos para mudar as condições indesejadas. Estando ao lado de pessoas de influência e políticos de nosso município, participou também da primeira associação de bairro.

Protestante, da Igreja Universal do Reino de Deus, foi a principal incentivadora para a vinda de uma congregação para a comunidade. 
Além disso, era dedicada aos estudos que foram o fator decisivo para engajar-se nas lutas por direitos dos cidadãos, embora não formada no Ensino Médio, se esforçava muito e frequentou o Colégio Municipal Dr. Paulo Octávio Botelho.

Em 2006, após vinte anos de residente, Conceição veio a falecer, deixando saudade aos amigos e familiares, principalmente os seus três filhos Ronaldo, Rodrigo e Renatinho. Mas, também os conforta lembrar o exemplo de mulher que era, uma esperança para um bairro que precisava de força para mudar e crescer.

maria-da-conceicao-neponocena“Nos conhecemos em campanha política, a mãe “Ceiça” (Conceição) cuidava de todos e cativava pelo carisma. Ela me “adotou” e ligava para minha casa se apresentado como minha mãe, a única coisa que falta era o sobrenome”, comenta a amiga Maria da Conceição Naponocena. Ela conta ainda uma linda história entre “Ceiça” e a jovem Sabrina que fazia tratamento e buscava a cura de leucemia .Ela diz que enquanto a mãe de Sabrina trabalhava, Conceição cuidava dela. Com três filhos, a vida cruzou o caminho delas e Conceição teve a oportunidade de oferecer seu carinho aquela criança que precisava tanto nesse momento, Sabrina ganhou mais uma “mãe” e Conceição a filha que faltava para completar a a família.

Histórias como a da Conceição são lembrnças que reforçam o valor dos amigos e a força que está dentro de uma comunidade ainda carente de muitas coisas mas solidária e sempre pronta e disposta a contribuir.

Add a comment
☟ Última Edição - Versão Digital ☟
Banner San Supermercados
Banner Japauto
Banner O Boticário
Colunistas

Eu moro na Cidade São Pedro

Dona Nice

Dona Nice

"Cheguei aqui faz 31 anos, lavei roupa várias vezes na bica, em frente ao Paulo Botelho, o bairro era bem morto".

Dona Iraci "Índia"

Dona Iraci "Índia"

"Fui uma das primeiras moradoras, só tinha eu, o Zé do Chapéu e o seu Orlando, estou aqui fazem 35 anos"

Mais Notícias
Apoio
Banner San Supermercados
Banner O Boticário
Banner Japauto