Minhas experiências 1 - Finanças.

Minhas experiências 1 - Finanças.

financas

 

Confesso que das minhas muitas (ina) habilidades, a que mais se faz visível e facilmente comprovável, é a minha total falta de organização, principalmente quando estamos falando de finanças. Sou um completo desastre em organizar a minha vida financeira. E isso me prejudicou de várias formas.

Quando ainda era um assalariado, aquele que recebia seu rico dinheiro nos dias corretos, o problema era de certa forma contornável. Usando fortemente o que o capitalismo nos ensina, eu me virava, ou seja, sempre que faltava o banco me emprestava com juros nada amigáveis (algo que no momento não era computado pelo consciente matemático), mas eu “inocentemente” ficava feliz e a instituição ainda mais.

Existiram épocas que cheguei a ter oito (isso mesmo!) empréstimos no banco, isso acontecia muito no findar do ano e na proximidade da festa do MOMO. Sou fascinado pelo curto reinado do MOMO e seus prazeres. A festa durava no máximo 12 dias, as dívidas 12 meses.

Com a minha chegada ao mundo do FREELANCE, tive que reorganizar isso de forma absurdamente rápida e eficiente, o que me levou a horas, dias de conversas com aqueles que se mostravam organizados, além de dezenas de textos e vídeos do youtube. Disso tudo saíram algumas dicas  e duas planilhas, compartilho aqui as dicas:

1 - Gaste menos do que você ganha - conheça o seu salário e planeje-se, para     gastar um valor menor do que o que você recebe; (Isso é essencial, e também o mais difícil.);

2 - Corte os gastos supérfluos, como o uso exagerado do celular (Para mim, os problemas sempre foram os gastronômicos, etílicos e culturais)

3 - Tenha um controle mensal dos seus gastos - elabore uma lista com todas as suas despesas (É necessário um treinamento, isso é o que eu pratico mesmo hoje);

4 - Dedique um tempo para planejamento financeiro - reserve um período na sua agenda para se organizar financeiramente (no me caso, precisei aprender por si só, mas não é um bicho de sete cabeças);

5  - Faça uma lista de compras antes de ir ao supermercado, a feiras e shoppings - com isso, você evita gastos extras e desnecessários ( ou evite as lojas que você mais tenha apreço, no meu caso livrarias e especializadas em cervejas importadas);

6 - Tenha um bom controle das compras com cartão de crédito (tenha 1 no máximo 2 cartões, mas que a soma do limite dos mesmos não excedam 1/3 da sua renda);

7 - Evite o uso do cheque especial, uma vez que suas taxas são elevadas (apenas um conselho de quem já sustentou duas famílias com os juros do especial – EVITE);

8 - Prefira o pagamento à vista - assim, o salário dos outros meses não fica comprometido e ainda há a possibilidade de descontos com essa opção de pagamento (sempre que possível, mas sabemos que sempre isso se faz possível, então use o menor número de parcelas possíveis);

9 - Antes de aderir a um financiamento, calcule as taxas de juros - dessa forma, você será capaz de discernir se é um bom negócio ou não;

 

.  “Seja determinado com a organização de suas contas. Cumpra seu planejamento financeiro sem se desviar das suas metas.”

 

Os dois softwares para controle que estão me ajudando demais, estão aqui e aqui . Acreditem, vale muito o investimento.

 

 Acreditem, eu aprendi com a vida e com a dor e o medo de não cumprir com os meus dividendos, ainda sofro os resquícios daquela época, hoje graças a Deus, estamos a 98% daquilo que para mim é o ideal. Terei mais experiências para compartilhar, espero que curtam. 

Artigos Relacionados

Assine Nossa Newsletter

Seu Email:

Seu Nome:


Quem Curti o ParnaíbaWEB

Login

copyright © 2007 - 2013 - www.parnaibaweb.com.br