Iniciando uma startup

Iniciando uma startup

startupJuntar profissionais com competências diferentes é uma das premissas básicas para quem vai empreender apoiado ao conceito Startup.

É necessário um gestor, um especialista em finanças, outro em negócios e vendas, outro da área jurídica e um comunicador – seja profissional de marketing, publicidade ou especialista em comunicação corporativa (jornalista ou relações públicas).

Há alguns anos ajudo empreendedores a alavancarem seus negócios com foco na informação. Com modelos corretos de planos comunicacionais é possível que o "startupeiro" atraia a atenção de investidores, públicos alvos, parceiros, formadores de opinião e da sociedade.

Baseado em experiências (erros e acertos), posso dizer que um plano de Comunicação para ajudar a alavancar Startup não utiliza o modelo tradicional, muito comum em empresas mais antigas.

Geralmente, estes não levavam em consideração a rapidez e dinamismo das informações nos dias atuais e não ponderavam flexibilidade com os consumidores/clientes, alvos do produto oferecido pela startup.

É vital identificar os principais pontos de seu Modelo de Negócio, antes de falar em Comunicação. Isso porque os planos podem conduzir sua startup para diversos caminhos - dependerá, ainda, do perfil dos sócios, caso tenha. Após verificar a estrutura, produto/serviço e canais de escoamento, é hora de conversar com quem entende de planejamento de Comunicação.

O próximo passo está relacionado à imagem institucional da sua empresa. Como quer ser conhecido no mercado? Uma boa apresentação impressionará seus clientes. Esse é um fator que muitos novos empreendedores - principalmente os gestores de startups esquecem-se e pecam na hora de comunicar.

E os sócios, qual é o perfil de cada um? Fundamental saber quem é bom e em qual área da empresa poderá atuar diretamente. Quem tem maior facilidade e conhece bem o negócio para falar com a Imprensa? E quem será o responsável pela busca dos colaboradores, parceiros, fornecedores? Haverá um profissional que se apresente compatível a posição de "Relações Internacionais"? Pense nisso, é importante começar com os dois pés no chão.

Já, sobre investidores, eles podem chegar por vários caminhos. Uma ferramenta amplamente difundida para a Comunicação com formadores de opinião é a Imprensa. Muitos clientes também chegam através da exposição nas mais variadas mídias. Além disso, essas ações fortalecem a imagem institucional da marca ou produtos e geram visibilidade. Onde estão seus potenciais financiadores e clientes?

Aqui vão algumas sugestões práticas para gestores de startup que querem empreender com organização e eficiência na comunicação em sua volta:

1. Pesquisa de Mercado e Conceito da marca

É importante conhecer a visão, missão e valores de sua empresa. Ainda não estão colocando na prática conceitos que acreditam? Esta é a primeira parte do trabalho na Comunicação Institucional. Criação de processos para gerar contatos eficientes com investidores, parceiros ou profissionais do setor. Quem é referência para você no campo em que atua?

2. Planejamentos ligam Gestão à Comunicação

Para atingir metas é importante analisar: onde estou? E onde posso chegar? Essa é a hora de iniciar a criação de uma identidade unificada para a empresa. Como faz apresentação dos produtos e serviços? E os perfis dos porta-vozes? Qual será a linguagem do site e outros canais de comunicação? Haverá estudos de mercado?

O próximo passo relaciona-se com a criação de planos de Comunicação e Gestão – para o ano em questão e, no máximo, um plano ousado para o ano seguinte. Isso porque Startups são dinâmicas e precisam de flexibilidade para atender aos mercados, garantindo aos empreendedores e investidores sucesso nos mercados de atuação;

3. Gestão e Relações Institucionais via Imprensa

Escolhido os canais, o tipo de Comunicação e os objetivos, é hora de iniciar as ações de Comunicação mais abertas e direcionadas aos diversos púbicos, planejados pelos consultores/assessores e os gestores das empresas. Já é possível comunicar à sociedade, aos mercados, aos parceiros e, principalmente, aos formadores de opinião de massa – os jornalistas.

Um importante ator nas estratégias de institucionais de Startups é a Assessoria de Imprensa. A consultoria é realizada por jornalistas e relações públicas que com bons relacionamentos e networking junto a formadores de opinião nas diversas redações jornalísticas do país.

São profissionais que conhecem os perfis dos jornalistas e outros formadores das redações, acompanham os movimentos sociais e auxiliam os profissionais de Comunicação a identificarem tendência, novidades e temas que gerem valores ao país e aos seus mercados.

A exposição opinativa nas diversas mídias (jornais, internet, TVs e rádio) tende a atrair a atenção de investidores, clientes e impressões na opinião pública/privada para empreendedores e seus negócios e produtos;

4. Ampliação de Mercados e Novos Negócios

Estabelecidos no mercado, hora de criar uma cultura de informação e notícias dentro do empreendimento, fazendo com que as Relações Institucionais e Públicas estejam impecáveis para os públicos conquistados, por meio da Comunicação Social.

É através dessas “medidas” que terá a oportunidade de receber feedbacks espontâneos sobre a atuação da empresa no mercado, se informar sobre concorrentes e terá mais chances de conseguir espaços disputados na imprensa que cobre empreendedorismo.

Perfil:

FotoMarcelo Donisete é morador de Santana de Parnaiba há mais de 34 anos, formado em Análise de Sistemas, Ciências da Computação é pós-graduado em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Atua como Consultor de Gestão Empresarial, voltado a Tecnologia da Informação.

Assine Nossa Newsletter


Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/parnaiba/public_html/modules/mod_mailchimp2/mod_mailchimp2.php on line 209
Couldn't find list with id : e6be3465c9

Quem Curti o ParnaíbaWEB

Login

copyright © 2007 - 2013 - www.parnaibaweb.com.br