Topo Poltrona Vitual

Cinema: Cartas para Julieta

Tudo bem, foi um pedido, não era o programado, mas pelo pedido acabei assistindo Cartas para Julieta. A famosa comédia romântica, o famoso arroz e feijão, como todos nós sabemos o gênero não tem muito o que mudar.

Como em todas as histórias, temos um casal. Sophie (Amanda Seyfried) e até então Victor (Gael García Bernal) seu noivo, ela trabalha como jornalista, ele um chef de cozinha que está tentando, como sempre, o sabor ideal.

Antes de abrir o restaurante, combinam uma pré Lua de Mel, como eles mesmo dizem, sendo assim, seguem para Verona.

Surpresas, nada disso, o que não se tem nesse filme são surpresa, chegando na no país em forma de “botinha”, Victor só quer saber de queijos, vinhos e massa. Descobriu o que vai acontecer ? Isso mesmo...mas vamos manter o suspense.

Sophie sozinha e carente, percebendo uma relação desgastada, sai pelas ruas de Verona e em um desses passeios , encontra o Muro de Julieta.

No Muro de Julieta, a versão romântica do Muro das Lamentações, mulheres depositam cartas de amor, o curioso, essas cartas são recolhidas todo final de tarde, lidas e respondidas pelas intituladas “Secretárias da Julieta”. A resposta funciona como um consultório sentimental.

Sophie, conhece as “Secretárias” e ao ler uma carta que foi escrita há 50 anos, descobre uma história de amor interrompida (senhor, quanta novidade), e claro, responde.

Não é que depois de alguns dias a autora da carta, Claire (Vanessa Redgrave), aparece em Verona, toda entusiasmada pela resposta. Junto com ela vem seu neto Charlie (Christopher Egan), que no primeiro momento parece ser um chato.

Como seu noivo vai para um leilão de vinhos, Sophie pede para acompanhar Claire e seu neto pela Itália a procura do amor perdido.

Basicamente com isso, conseguimos saber exatamente o que irá acontecer.

Tirando os belos cenários que são explorados ao máximo, uma coisinha engraçada aqui e ali, Cartas de Julieta quase consegue enganar pelas três histórias de amor que se entrelaçam, um amor desgastado, um amor que se conserva mesmo depois de 50 anos e um amor que está nascendo.

Basicamente essa é a base do filme, se está em um dia muito bacana, ou mesmo meio carente, querendo acreditar no destino, esse é o seu filme, caso contrário somente em um dia de chuva sem opções.

Add a comment

Perfil


Leandro Daher Crudo – (@lcrudo) Formado em Propaganda em Marketing, geek de plantão, apaixonado por cinema , HQ, tecnologia e literatura. Apesar de louco por cinema, sempre procurou uma crítica mais próxima da emoção.

Mais Poltrona Virtual

Assine Nossa Newsletter


Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/parnaiba/public_html/modules/mod_mailchimp2/mod_mailchimp2.php on line 209
Couldn't find list with id : e6be3465c9

Quem Curti o ParnaíbaWEB

Login

copyright © 2007 - 2013 - www.parnaibaweb.com.br